É comum, para quem gosta de beber e apostar, conjugar as duas atividades. Pode não parecer o mais acertado a fazer, devido aos efeitos que o álcool provoca, mas esta não tem de ser necessariamente uma combinação negativa.

Os casinos costumam proporcionar um serviço de bar no local, que põe à disposição dos clientes os mais diversos tipos de bebidas. Os “cocktails” e algumas bebidas espirituosas, como é o caso do “whisky” ou do “gin”, são vistos como uma boa conjugação entre um ambiente com uma certa sofisticação, que costuma ser o dos casinos, e uma bebida com gosto e classe.

Mesmo os mais jovens, que têm tendência a preferir outras bebidas, como a “vodka” ou a cerveja, costumam alterar as suas escolhas quando se deslocam a um casino, adequando-as ao ambiente e às suas regras de etiqueta específicas.gansloser-destillerie-black-vodka-germany-10495141

Mas é mesmo a palavra “alterar” que faz sentido frisar neste caso. É que hoje em dia já não é preciso ir a um casino para se poder apostar. Aliás, atualmente já se pode apostar em jogos que não os existentes nos casinos, sem se sair de casa, ou na rua, utilizando para isso um “smartphone”, um “tablet” ou um computador com ligação à Internet.

Os eventos desportivos têm muita saída nestas apostas, desde os Jogos Olímpicos até aos campeonatos nacionais e internacionais de futebol, voleibol, basquetebol, além de outros tipos de competições, como a Fórmula 1 ou as grandes voltas em bicicleta.

E porque não reunir uns amigos lá em casa para assistir a um evento desportivo, enquanto, de “smartphone” na mão e utilizando uma aplicação como a Spin Palace app, todos fazem apostas nos resultados?

Em casa não é preciso obedecer a regras de etiqueta e pode beber-se o que se quiser. O que poderia ser melhor do que uma boa cerveja portuguesa para acompanhar um jogo de futebol? Das mais comuns às artesanais, as cervejas portuguesas são boa companhia para todas as ocasiões, incluindo quando quer apostar!